Arquivo da tag: Los Roques

Isla Margarita e Los Roques: Paraísos do Caribe Venezuelano

Resumo

 Línguas:  Espanhol
 Fuso Horário:  1h30 atrás do horário de Brasília
 Moeda:  Bolívar Fuerte (Conversão câmbio oficial 1U$ x 6,3 BsF/ cambio negro 1U$ x 160 BsF)
O câmbio é muito volátil, vale a pena confirmar antes da viagem.
 Visto:  Não é necessário (mas o passaporte sim)
 Saúde:  Vacina de Febre amarela e Repelente
 Melhor época para visitar:  Isla Margarita e Los Roques tem sol mais de 300 dias ao ano
 O que fazer:  Praias, Windsurf, Kitesurf, Nado com Golfinhos, Passeios de barco, Pérolas, Fortalezas,  Ilhas, Mergulhos, Snorkeling.
 Média de Hospedagem:  U$30,00/dia
 Média de Alimentação:  U$15/ dia
 Taxas aeroportuárias:  Aproximadamente BsF 35,00/pessoa
 Taxas de preservação de  Los Roques:  U$30,00 (dólares)/pessoa
 Quantidade de dias  recomendados:  10 a 15 dias

Venezuela ame-a ou odeie-a!

O que você vai fazer na Venezuela? Caracas! Por que Venezuela? Lá é um caos…
Essas foram algumas de muitas perguntas e comentários que escutamos quanto falamos do nosso destino.

Mas aqui vamos ter a oportunidade de responder parte das perguntas.

O que você vai fazer na Venezuela? Conhecer parte do Caribe!

Sim, a Venezuela é banhada pelo lindo mar do Caribe e em minha opinião tem as praias mais lindas que já vi na vida.

Ok, você pode estar se perguntando… Mas qual será a referencia dela.

Eu não conheço a Polinésia Francesa, Bali, etc. Mas comparando no caribe, o Edu já esteve em Cancun, Cozumel e concorda que Los Roques é surreal!Caribe

Certo, vamos a segunda pergunta…
Por que Venezuela? Lá é um caos!

A Venezuela tem belezas naturais, selvagens, paradisíacas e de cair o queixo como:

• Salto Angel (maior queda d’agua do mundo, com 979 metros e considerada patrimônio mundial pela Unesco):

Salto Angel

• Monte Roraima (local da tríplice fronteira entre Brasil, Venezuela e Guiana), Isla Margarita, Arquipélago de Los Roques e muito mais.Monte Roraima

A Venezuela tem seus problemas, como qualquer país, mas é incrivelmente lindo e vale muito a pena conhecer.

Nós visitamos Isla Margarita e Los Roques em Março de 2013, passamos uma semana entre as duas ilhas.

Acho que 10 dias são suficientes para conhecer bastante coisa nas duas ilhas, mas se tiver mais tempo, o país tem muito para oferecer (espere o nosso post da subida ao Monte Roraima), como os parques Nacionais.

Em nossa visita pegamos um dos dois voos direto para Caracas que tinham na época. Um às 11h e outro às 15h. Hoje acredito que só a Gol e a TAM estão com voos diretos, mas apenas um voo por dia, já as outras companhias possuem voos com escala e a média é R$ 1.500,00.

Isla Margarita é bem legal, uma ilha grande, com infraestrutura de hotéis, parque de diversões, shopping e para a felicidade dos consumistas é área livre de impostos. Margarita é zona produtora de pérolas e é possível comprar com preços mais acessíveis. Só é recomendável que seja indicado por alguma pessoa local de confiança.
Se tiver dúvida se a pérola é verdadeira, deve colocar fogo, se for plástico queima, mas a pérola verdadeira não.

Lá você pode mergulhar com golfinhos e ver o show das focas, mas sem pagar por uma estadia cara como na Riviera Maya, Cancun, etc. O parque Diverland fica pertinho de Porlamar e lá dentro há o Waterland, onde tem show de focas, leões marinhos e os lindos golfinhos. O local não é no meio do mar, é uma piscina grande e isso facilita muitas pessoas que não sabem nadar e tem medo de fazer essa atividade no mar.

Não esperem uma estrutura do Sea World, mas para quem sonha em nadar com essas coisas lindas, vale a pena.Isla Margarita - WaterlandIsla Margarita - Waterland

As praias são estruturadas e tem para todos os gostos.Para quem gosta de praias com mar calmo, pode se divertir em Playa Paraiso, Punta Arenas, Caribe, Zaragoza e muito mais.
Isla Margarita - Playa Paraiso

Para quem gosta de ondas e surfa, pode visitar as praias de Guacuco, Parguito, El Agua, Puerto Cruz e Taguantar. Mas as praias não são somente pra quem surfa, pois a maioria tem uma ótima estrutura de restaurantes e barracas.

Para quem gosta de velejar, a praia El Yaque é uma praia super tranquila, rasa e com muito vento. Os ventos são constantes em média de 25 nós e tem sol o ano todo. Lá tem muitas pessoas praticando WindSurf e Kitesurf, caso queira fazer aulas, vale a pena, afinal é considerada umas das 5 melhoras praias do mundo para a prática do esporte. E foi de lá o filme El Yaque, Pueblo de Campeones que mostra a história de quatro garotos que foram campeões e viraram heróis de El Yaque.Isla Margarita - El YaqueIsla Margarita - El YaqueIsla Margarita - El Yaque

Além das praias existem os passeios de barco pelo Arquipélago de Los Frailes, Isla de Coche e Cubagua, onde pode fazer Snorkeling, mergulho de cilindro e em uma delas a visita a um Naufrágio, nós não fizemos, pois não daria tempo.

Tem um passeio bem legal que vai para a Lagoa da Restinga, parecido com os passeios de barco pelos mangues do nordeste Brasileiro. Eles brincam que é a Veneza de Isla Margarita. Durante o passeio você pode ver lindas estrelas do Mar, cavalos marinhos e no final chega numa praia onde consegue passar o dia e tem deliciosas Ostras.Isla Margarita - RestingaIsla Margarita - Restinga

Visitamos El Fuerte de Santa Rosa de La Eminencia ou Castillo Santa Rosa, que fica em La Asunción, uma cidade próxima. Chegamos bem no dia que estava acontecendo uma filmagem, parecia que estávamos nos tempos das invasões de piratas.Isla Margarita - La Eminencia

O Farol de Pampatar também é um lugar legal para visitar, pois tem uma das vistas mais bonitas e você pode ver as Salinas de Pampatar lá do alto.Isla Margarita - PampatarIsla Margarita - PampatarIsla Margarita - Pampatar

Vejam o por do sol no Fortín de la Galera em Juan Griego, uma cidade ao Norte da Ilha de Margarita. É realmente lindo ver o sol se por desse ponto.Isla Margarita - Juan Griego

Em Isla Margarita ficamos hospedados no Hotel California, não é aquele da musica, mas é um ótimo hotel. Ficamos em El Yaque, pois o Edu fez aulas de Kitesurf e tinha uma ótima estrutura. É um pouco distante de Porlamar, mas como o combustível lá é barato (ao contrário do Brasil) e fica tranquilo de ir e vir para outros lugares. Vejam na foto que tiramos, onde mostra que 35 litros custaram míseros 3,43 VEF.
Isla Margarita

Depois de tudo isso o Paraíso nos esperava e pegamos o voo para passar três dias em Los roques. O arquipélago possui aproximadamente 50 ilhas e tem em torno de 1.800 habitantes, a grande maioria em Grand Roque.
Los Roques

De Isla Margarita para Los Roques tem voos de 40 minutos, mas o sofrimento para o Edu foi ver o tamanho do avião turbo hélice que estava a nossa espera. Isso porque era o maior avião que voava para a Ilha, com 40 lugares. Praticamente um ônibus de asas, mas é melhor que as Kombosas que voavam por lá (nada contra a Kombi).
Los RoquesLos Roques

A Ilha é bem pequena, apesar de chamar Gran Roque e não tem nada para fazer além de uma sorveteria, uma padaria e as pousadas. Levem dinheiro, pois na época que fomos não havia caixa eletrônico. E precisam pagar tudo com dinheiro. Inclusive as taxas de preservação que você paga na chegada, no guichê do imenso aeroporto.

É importante contar para todos que apesar de ser tudo perto e o aeroporto uma cabine, nós quase perdemos o voo de volta para Caracas, pois achamos que tudo era no super aeroporto, mas o check in e a entrega das bagagens são em uma agência de viagens, na praça central. Tivemos (Edu) que correr com as bagagens e fazer tudo correndo, mas o mega ônibus de asas nos esperou.

Levem tudo que for precisar, como medicamentos, repelente e protetor solar. Devido ao difícil acesso, alguns produtos são mais caros e pode não encontrar.

Geralmente os locais transformam suas casas em pousadas e outras são de gringos que vieram e construíram suas lindas pousadas que tem excelentes chefes na cozinha.

É tudo muito simples, algumas pousadas nem banho quente têm, mas sinceramente, não fez falta, pelo menos pra mim. Os preços das pousadas variam muito, desde U$ 15à U$150. Dependendo do período é melhor reservar antes, pois de final de semana tem bastante visitantes.

As pousadas oferecem pensão completa ou meia pensão (café da manhã e jantar). Vale a pena escolher a pensão completa, pois todos os passeios são fora da Ilha principal e algumas Ilhas não possuem infraestrutura, aí você vira boia fria, pois eles fazem o seu almoço e você leva em uma frasqueira térmica.

Nós pegamos meia pensão e fazíamos o lanchinho na padaria e levávamos frutas. Se não me engano, em Madrisqui, tem um restaurante que na época da lagosta, que vai de Novembro à Abril serve uma simples e deliciosa lagosta grelhada. A lagosta é por quilo.
Primeiro você escolhe a lagosta em uma rede na beira do mar, pesa a coitada e depois a encontre na sua mesa.

Uma coisa engraçada que aconteceu, foi que o nosso dinheiro não dava e a moça disse que não tinha problema, pois passaria na pousada para buscar a noite. Se fosse em outro lugar, não sei se faria isso, mas confiou em nós.Los RoquesLos Roques

Os passeios saem todos do píer principal, você pode fechar com a pousada ou no próprio píer com o famoso Jesus. Essa é uma pessoa que todos que visitam a Ilha conhecem. A média dos passeios era em torno de US$15,00 e além do passeio é indicado alugar o guarda sol e as cadeiras que não custam nem U$5,00. Lembro que pelo equivalente a US$20,00 fomos para a Ilha mais linda que fica a cerca de 1 hora de barco de Gran Roque.
Visitamos:
• Dos Mosquices (projeto de proteção a tartarugas marinhas)
Los Roques - Dos MosquicesLos Roques - Dos Mosquices

• Francisquini
Los Roques - FrancisquiniLos Roques - FrancisquiniLos Roques - Francisquini

• Madrisqui.
Madrisqui

• Cayo de Água: Recomendo que visitem Cayo de Água por último, pois todas as outras ficarão no chinelo, após conhecer Cayo de Água. Levem equipamento de Snorkeling, pois a fauna marinha de Los Roques é riquíssima e somente em mergulho de superfície já é possível ver muitos peixes e animais marinhos belíssimos. Levem um lanchinho, pois não tem nada além de você, uns 5 guarda-sóis e toda a beleza que a natureza pode te oferecer.
Los Roques - cayo de águaLos Roques - cayo de águaLos Roques - cayo d' água

Acabamos não visitando o farol e muitas outras ilhas, mas isso foi proposital, pois agora teremos que voltar para conhecer ainda mais as belezas desse arquipélago lindo, que pra mim ainda ocupa a primeira posição de praias mais lindas que já visitei.
Fica aqui um vídeo que fizemos e mostra a paz que é este lugar e como a natureza é linda.